3 de outubro de 2017

Curiosidades

 E hoje, depois de tirar uma foto para dar os bons dias on line, deu-me uma certa curiosidade...

coisas de feltro

Embora a frase que sempre tenho ouvido é "Não bate a bota com a perdigota", procurei informação para tentar saber a origem desta expressão tão peculiar e que se usa normalmente quando se está perante alguma suspeita, quando duas situações ou narrativas não batem certo.
 
A informação é escassa mas, pelo que me pude aperceber, originalmente a frase era diferente. Assim, teríamos: "Não bate a cota com a perdigota" sendo que cota se refere à mira da espingarda de caça e perdigota, à perdiz ainda jovem. Por razões de semelhante fonética a expressão evoluiu para aquela que tão bem conhecemos hoje.
 
Uma pequena curiosidade, apenas para começar o dia. Fiquem bem.
 
 
 
Página de facebook: aqui
 
 

Sem comentários: