5 de junho de 2024

Mértola através dos tempos

Já por diversas vezes escrevi aqui sobre Mértola, esta bonita vila do Baixo Alentejo pertencente ao distrito de Beja e cujo rio Guadiana corre a seus pés.

No entanto hoje gostaria de mostrar mais um pouco de Mértola sob o ponto de vista histórico. A vila é um verdadeiro museu a céu aberto e tem recantos particularmente curiosos para quem, como eu, gosta de compreender a dinâmica de uma região, do ponto de vista cultural.

Assim, começando pelos tempos mais recuados, sabe-se que já na idade do Neolítico, a zona seria habitada. Mas foi com a instalação dos romanos que a região sofreria uma evolução acentuada, tendo-lhe sido atribuída o nome de  Mírtilis Júlia. No núcleo mais antigo de Mértola, dentro das muralhas podemos encontrar um pequeno museu instalado no edifício que alberga a Câmara Municipal. A entrada faz-se pela porta principal e, descendo, encontramos um pequeno museu onde estão dispostas algumas peças e achados arqueológicos da época da ocupação romana.




Após a queda do império Romano, surgiram os Visigodos que ali habitaram entre os séc. VI a IX.

Entretanto, povos do norte de África ocupavam o sul da Europa e seria pelo ano de 711 que as tropas do Gen. Tárique ocupariam toda esta região. 

Se caminharmos em direção ao castelo, vamos ter oportunidade de visitar as escavações que puseram a descoberto o Bairro da Alcáçova. Estas escavações resultam do trabalho conseguido pelo historiador Cláudio Torres que desde 1978, aquando da fundação do Campo Arqueológico, luta por dar a conhecer o passado histórico de Mértola. Existe aqui até mesmo a recriação de uma casa da época, erguida segundo os moldes da estrutura encontrada nas escavações.




Esta reprodução de uma casa comum mostra-nos uma pequena morada com um pátio central coberto com colmo, que permitia recolher as poucas águas da chuva. À volta estariam dispostas as restantes áreas: uma  para o dono da casa, uma área de refeições e pouco mais. 


A reconquista cristã e integração no território português aconteceria em 1238 sob as ordens do monarca Sancho II. A vila iria sofrer profundas alterações e como acontecia nestes casos, a nova identidade seria erguida sobre a anterior. No caso da igreja matriz que hoje podemos apreciar, a adaptação fez-se de uma forma até harmoniosa, uma vez que foi deixada toda a estrutura e apesar das inúmeras reconstruções, as colunas no seu interior e o teto abobado mantiveram-se tal como originalmente quando o templo foi erguido em pleno séc. XII.





Por fim não podemos esquecer o castelo próximos às escavações. Constitui um ponto de observação de grande parte da vila e também do rio Guadiana que corre mesmo ali ao fundo. Vale a pena subir à Torre de Menagem, conhecer o conjunto arquitetónico e apreciar a paisagem em redor que é simplesmente magnifica. Podemos ver grande parte da vila, o rio e todo o casario dentro das muralhas.














Agora que já percorremos rapidamente uns quantos séculos de história gostaria de vos convidar a vir conhecer de perto toda esta maravilha. Mértola é, como disse no início, um museu a céu aberto e sabe receber como ninguém. Aqui sentirão o pulsar do Alentejo profundo, a lonjura dos espaços e aquela sensação de plenitude que o campo tem para oferecer.


33 comentários:

  1. Que lugar incrível; tão antigo, tão histórico e tão lindo! o trabalho arquitetônico do teto
    (para citar só um detalhe) é maravilhoso e a visão da vila, a partir da torre, é mesmo magnífica!

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. O comentário acima é meu. O computador estava logado com o e-mail do meu marido e eu não me apercebi, rsrs.

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Gosto muito desta bela localidade! Belos olhares... 👏👏👏😘

    ResponderEliminar
  4. Dearest Cristina,
    Such an incredible history and merging of two cultures, before and after the reconquest.
    Hoping that people will visit and also learn from its past!
    Hugs,
    Mariette

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mértola is being discovered by many people. In the past there was no tourism, now you see a lot of people who want to know the place.
      xoxo

      Eliminar
  5. Un lugar increíble y muy interesante. Besos

    ResponderEliminar
  6. Olá, Cristina.
    Que lugar mais encantador.
    Beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Lulu, acho que você ia gostar de conhecer pessoalmente
      Beijinhos

      Eliminar
  7. Such an amazing history. I love the landscape with the river and how the way it is built. Such wonderful interiors too. Wonderful post!

    ResponderEliminar
  8. Apaixonada demais por cada detalhe, cada foto, querendo demais conhecer de perto

    Beijos
    www.pimentadeacucar.com

    ResponderEliminar
  9. Qué bonito es y que fotos más perfectas. Están vivas!!!
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  10. Boa noite de quinta-feira minha querida amiga. Obrigado pela excelente matéria, fotografias e aula de história. Sou apaixonado por mercados municipais, contam a história do povo local.

    ResponderEliminar
  11. Bela descrição de um local permeado de historicidade. Deu vontade de conhecer.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mértola é um lugar maravilhoso, para além de muita beleza natural, que já mostrei anteriormente, também é muito rica do ponto de vista cultural e histórico.
      Bom domingo.

      Eliminar
  12. Boa tarde e um excelente domingo. Bom início de semana. Muitas cidades históricas brasileiras, possuem um pouquinho da arquitetura portuguesa. Infelizmente nunca saí do Brasil, Portugal seria um sonho, principalmente, por eu ser um Silva Gomes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode ser que um dia venha a Portugal, com o seu sobrenome de certeza que tem origem portuguesa, possivelmente do norte do país, de onde partiram muitos portugueses no séc. passado.

      Eliminar
  13. Fantástico post em fotos e informação, sobre a linda e simpática vila de Mértola.
    O ano passado andei também por aí a passear.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma vila que conheço muito bem, daí já por diversas vezes ter feito posts. Desta vez decidi reunir os factores históricos.
      Beijinhos

      Eliminar
  14. Lugar paradisíaco e cheio de história. Gostei de acompanhar.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está no ar cheio de posts novos e novidades! Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderEliminar
  15. Quero muito visitar. Parece ser um lugar magnífico.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está no ar cheio de posts novos e novidades! Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderEliminar