15 de dezembro de 2015

Do imaginário branco

Para quem, como eu, sonha com a neve no Natal, o boneco de neve faz parte do imaginário. Ir lá para fora com luvas grossas e moldar o verdadeiro snowman é algo que imaginamos desde criança, que vemos nos filmes e queremos reproduzir.
 
Desta vez também eu fiz um boneco de neve... sem neve.
 

Não é gelado, pelo contrário, dá vontade de apertar de tão fofo e quentinho que é. Em malha polar, tem cachecol, tem tapa-orelhas e tanto fica bem no Natal como noutra ocasião qualquer, bastando para isso retirar a placa amovível.


Depois deste primeiro, que resultou de uma encomenda,  fiz outros ainda. A neve deu lugar à costura e o resultado não podia deixar-me mais satisfeita.



Página de facebook: aqui

Sem comentários: