8 de abril de 2015

Tartes de morango

Duas tartes em dois momentos distintos, com ingredientes idênticos. Esta é daquelas sobremesas que fazem um grande efeito mas são super simples e rápidas de preparar. Apenas necessitam de ficar no frigorífico um pouco para solidificar o recheio.

Comecemos pelos ingredientes. Vai precisar de:
- morangos
- uma base de massa quebrada (de compra)
- 600 dl de natas (3 pacotinhos)
- 2 folhas de gelatina incolor
- açúcar
- 1 colher (sopa) de leite

 
Tarte de natas com morangos frescos


Desenrolar a base de massa quebrada sobre a forma, posicioná-la e levar ao forno para cozinhar. Esta acção é muito rápida, é necessário ficar atenta, pois os fornos são todos diferentes e o tempo de cozedura varia. Deverá ser em forno médio e bastarão cerca de 10 minutos. Depois de arrefecer é só colocar as natas previamente batidas bem firmes, às quais se adicionou a gelatina desfeita num pouco de leite morno (o mínimo possível) e açúcar a gosto. Depois de solifificar no frigorífico é só decorar com morangos frescos.
  
 
Tarte de natas com calda de morangos 


Esta tarte é em tudo semelhante na sua simplicidade e serve para aproveitar morangos que sejam menos bonitos ou demasiado maduros, por exemplo. A base e o recheio são idênticos à tarte anterior, aqui a única diferença é que os morangos vão ao lume com açúcar e são cozinhados até se desfazerem naturalmente. Depois é só deixar arrefecer um pouco e cobrir a tarte.
 
Então, o que acharam desta simplicidade toda? Bom para fazer agora, que os morangos são abundantes e apetece sobremesas bonitas e frescas.
 
Espero que façam e digam qualqur coisa, certo?
Fico à espera.
 
 
 
Página de facebook: aqui

2 comentários:

Eolo disse...

Temos que falar coisas de feltro. ;)

Coisas de Feltro disse...

Quando quiseres... bjs ;)